Um bom atendimento, que maravilha!

Por O Dia

Dia desses, eu, Lili, acompanhei meu marido para tomar a vacina antitetânica. Ele furou o dedo em um prego enferrujado. Ligamos para vários hospitais particulares, como Casa de Saúde São José, Pro Cardíaco, e acabamos indo parar na farmácia do Leme. Lá, um atendente nos informou que o Rocha Maia tinha a vacina. Seguimos para lá. Fomos atendidos por um recepcionista muito cortês, e encaminhados a uma enfermeira, também agradável, até chegarmos ao médico. Em 40 minutos, ele tomou a vacina. Que bom seria que todos os hospitais tivessem um atendimento imediato assim. O nosso atendente informou que casos leves, como pressão alta e gripes, são ali atendidos. Uma TV na recepção dá um certo conforto ao paciente. Mas alguém 'levou' as lâmpadas dos banheiros, que estavam no escuro. Quem foi?

Últimas de Diversão