01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

COMECE PELO 'NÃO'

Por O Dia

No processo de escolha da carreira, há um ponto que talvez seja até mais difícil que escolher a profissão: é determinar quais profissões você NÃO quer seguir. Muitas vezes, as carreiras podem parecer atraentes pelo salário alto, pelo status, pelo charme ou porque muita gente diz que será a ocupação do futuro. Pensando friamente, o jovem até considera aquelas como boas ocupações, concorda com as análises, com os testes. Mas, apesar de tudo, não consegue ter entusiasmo por nenhuma daquelas profissões.

Para quem está nesse estágio, a psicóloga paulista Adriana Severine dá dicas importantes para ajudar na definição do que o estudante realmente não quer fazer. "Escreva numa listinha aquilo que você realmente não quer ou que acha que não tem habilidade pra fazer", diz ela. "Quem tem medo de sangue, vai poder depois eliminar todas as profissões que exigem esse tipo de contato".

É assim que o processo de escolha profissional deve começar: pela identificação do que você não quer fazer profissionalmente. Parece óbvio, mas não é. Diante de tantas opções de carreira, à medida que você descarta algumas, vai clareando o caminho para chegar à definição de sua ocupação profissional.

Dedique, portanto, bastante tempo a pensar sobre o que você NÃO quer fazer, antes de cortar caminho e se dedicar a pensar no que você quer fazer. Esse primeiro passo ajuda muito o segundo.