Arábia Saudita libera mulher ao volante

Era o último país em todo o mundo que mantinha a incrível restrição

Por O Dia

As sauditas serão autorizadas a dirigir, segundo um decreto real, publicado ontem pela agência oficial de notícias SPA. O rei Salman ordenou "permitir outorgar a licença para dirigir às mulheres na Arábia Saudita", diz o texto do decreto.

Este reino ultraconservador era o único país do mundo onde as mulheres eram proibidas de dirigir.

As mulheres sauditas são igualmente submetidas à tutela de um homem da família geralmente o pai, o marido ou o irmão para poder estudar ou viajar.

Estádio para todos

Mas como parte de seu ambicioso plano de reformas econômicas e sociais até 2030, Riad parece pronta para abrandar algumas destas restrições e, pouco a pouco, começa a introduzir mudanças.

Centenas de mulheres puderam ir no sábado pela primeira vez a um estádio de Riad para assistir às celebrações da festa nacional, com shows e queima de fogos de artifício.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência