Atenção ao câncer ginecológico

Mês de setembro chama a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de tumores no aparelho genital feminino

Por O Dia

Marcado por campanhas informativas na saúde, setembro também é o Mês de Conscientização do Câncer Ginecológico. Tumores no colo de útero e ovário são os mais frequentes no aparelho genital feminino, mas a multiplicação anormal de células também pode acometer endométrio, vagina e vulva. O diagnóstico precoce é a principal arma no combate à doença.

A oncologista clínica Andreia Melo, do Grupo Oncologia D'Or, explica que a prevenção primária de alguns dos principais tumores ginecológicos está relacionada à diminuição do risco de contágio pelo vírus HPV. "A transmissão ocorre por via sexual. O uso de preservativos em relações com penetração protege parcialmente da contaminação".

Mulheres também precisam estar atentas aos tumores ginecológicos, pois os sintomas podem ser de difícil reconhecimento. É o que acontece com o câncer no colo de útero, terceiro tipo de tumor mais comum na população feminina no Brasil.

Comentários

Últimas de Vida Saudável