O PSOL ENTROU

Por O Dia

com ação no Supremo Tribunal Federal para suspender a MP que o presidente Temer editou para adiar por um ano o reajuste do funcionalismo federal e aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%.

Comentários