MEMÓRIA DO DIA

Por O Dia

Tempos de censura, a cantora e ativista política Joan Baez foi proibida de cantar no Rio em 23 de maio de 1981. Uma liminar que garantia a participação da cantora no show Conclave do Sol, que teve outros artistas, como As Frenéticas e Eduardo Dusek, foi superada pela ordem do chefe do Serviço de Censura Federal, Hélio Guerreiro. Baez compareceu ao evento e, mesmo sem poder cantar, subiu ao palco e conversou com o público, que insistia para que cantasse. Ela recuou dizendo que, se o fizesse, prejudicaria muita gente.
Tempos de censura, a cantora e ativista política Joan Baez foi proibida de cantar no Rio em 23 de maio de 1981. Uma liminar que garantia a participação da cantora no show Conclave do Sol, que teve outros artistas, como As Frenéticas e Eduardo Dusek, foi superada pela ordem do chefe do Serviço de Censura Federal, Hélio Guerreiro. Baez compareceu ao evento e, mesmo sem poder cantar, subiu ao palco e conversou com o público, que insistia para que cantasse. Ela recuou dizendo que, se o fizesse, prejudicaria muita gente. - Arquivo O DIA

Tempos de censura, a cantora e ativista política Joan Baez foi proibida de cantar no Rio em 23 de maio de 1981. Uma liminar que garantia a participação da cantora no show 'Conclave do Sol', que teve outros artistas, como As Frenéticas e Eduardo Dusek, foi superada pela ordem do chefe do Serviço de Censura Federal, Hélio Guerreiro. Baez compareceu ao evento e, mesmo sem poder cantar, subiu ao palco e conversou com o público, que insistia para que cantasse. Ela recuou dizendo que, se o fizesse, prejudicaria muita gente.

Comentários