A turma dos três milhões

Prestes a ocupar o Circo Voador, o coletivo de rap 1Kilo vai crescendo nas redes sociais

Por RICARDO SCHOTT

A expressão "correndo por fora" ganha novos contornos. O coletivo de rap 1Kilo (que se define mais como "uma gravadora" do que como um grupo normal) já chegou a mais de 3.400.000 fãs, somadas todas as duas redes. Desses, cerca de 2.600.000 são só do YouTube. 'Deixe-me Ir', um de seus hits, atingiu o alto da lista Top Brasil, com 2,2 milhões de seguidores - e nas redes, o rap já surgiu nas vozes de goleiro Alisson, Kelly Key, Marília Mendonça e Thaila Ayala. E na sexta, é a vez do público do Circo Voador conhecer o som da turma.

O 1Kilo é um encontro de músicos de várias parte do Rio. No início, construíram sua base em Niterói, e depois partiram para uma casa na Barra da Tijuca, onde a gravadora tem sede. "Focamos bastante no lançamento de clipes, que saem sempre com regularidade. E nossa ideia é não repetir os erros que vimos as grandes gravadoras cometendo", conta o rapper Pablo Martins, que começou o projeto junto com o amigo DJ Grego. A dupla foi tendo o reforço de vários rappers, compositores e músicos, como DoisP, Rasta, Pelé, MZ, Knust e Xamã.

EMPODERAMENTO

Perguntado sobre que erros eles viram as gravadoras cometerem, e que querem evitar, Pablo diz que o principal que o 1Kilo quer fazer é "disseminar o poder para os próprios artistas, e para os produtores. A gente tá fazendo a coisa crescer mais organicamente. É algo menos pensado para o mercado", relata.

"Temos uma pegada diferente na hora de nos comunicarmos para o público. Principalmente trazendo uma influência para dentro da cabeça das pessoas, uma mensagem mais positiva, de empoderamento. Temos uma pegada ideológica, de ver que com o povo ficando forte, nós ficamos mais fortes", conta Pablo. Ao sucesso do 1Kilo deve-se também o fato de organizarem vídeos no formato de "cyphers", com grupos de rappers apresentando suas rimas e ideias. É uma tendência que está em alta no rap atualmente.

STREAMING

Às redes acima, ainda podem ser somados os cerca de 460 mil ouvintes que o 1Kilo tem no Spotify, com músicas como 'Duro Igual Concreto'', 'Reza Sincera' e 'Tenta Vir', vindas de diferentes frentes dentro do 1Kilo.

"Cada artista é solo e a gente se une pra fazer os shows como coletivo, como jogada de marketing", conta Pablo. "Não dá nem para dizer que o 1Kilo 'vem' de um lugar. É tudo muito espalhado. Viemos de vários lugares e cada um tem sua representatividade". Para 2018, vem aí uma mixtape chamada 'Alma de Favela'. "Que é um retrato de onde viemos. Alguns de nós são de comunidades", anuncia.

Como vai ser cantar no Circo Voador? "Vai ser muito diferente. É a primeira vez, e por toda a história, toda a dimensão que aquele palco tem, significa muito para nós. Nossa chegada ao Circo é bem rápida e não foi nem planejada. Não foi algo estratégico ou pensado", conta Pablo.

Comentários

Últimas de Diversão