Revelação do ano, IZA comemora suas conquistas

Por O Dia

IZA
IZA - Pino Gomes/divulgação

A cantora revelação do ano se apresenta no pré-Réveillon POPline hoje, em festa no Sacadura 154, no centro do Rio, a partir das 23h. O show será eletrônico, com IZA nos vocais, um guitarrista e DJ, além das quatro bailarinas que a acompanham e várias surpresas para comemorar o seu sucesso em 2017. Abaixo, ela fala sobre o ano que chama de "um bom começo", de feminismo e autoestima.

O DIA - Como vai ser o show?

IZA - Vai ser muito dançante e amarra tudo o que fiz durante o ano. Bem pop, então acho que vai agradar ao público da festa.

O que 2017 representou na sua vida?

Foi um bom começo. Lancei minha primeira música no início do ano ('Te Pegar') e a segunda no final ('Pesadão', com participação de Marcelo Falcão). Abri o show do Coldplay em São Paulo, cantei no Rock in Rio (com o rapper CeeLo Green), participei do Prêmio Multishow e fui indicada. Ganhei prêmio (revelação do ano no Women's Music Awards). Muitas coisas que não esperava aconteceram. E em 2018 vou ter mais trabalho!

No período já teve músicas em trilhas de duas novelas da Globo ('Rock Story' e 'Pega Pega'). Qual foi o trajeto antes disso?

Ano passado no YouTube, fazia covers. Antes de assinar com a gravadora, essa era minha vida. E fazia também shows em barzinhos. Nem acho que as coisas aconteceram rápido, estão acontecendo de acordo com meu planejamento. Realmente, trabalhei muito para isso.

Você também usa sua visibilidade para falar do poder feminino. Afinal, o que é ser empoderada? Se considera feminista?

Sou feminista. Acho que ser empoderada é ser dona de si e passar essa mensagem para outras mulheres. Tem muito a ver com a relação que você tem com as outras mulheres e com aquilo que você desperta no coração de cada uma delas.

Que conquistas ainda são importantes para as mulheres?

Acho que ainda precisamos de oportunidades. É muito legal ver mulheres em posição de protagonismo, mas ao mesmo tempo, na indústria fonográfica, por exemplo, sinto falta delas no backstage, como técnicas de som, iluminadoras. Acho que ainda falta mais espaço em todos os lugares.

Fotos suas de biquíni, compartilhadas recentemente nas redes sociais, causaram burburinho e você achou graça disso... Por quê?

Acho que as pessoas cada vez mais têm a oportunidade e espaço para falar, reparar e assistir à vida dos outros. Acho isso engraçado e a repercussão também (risos). Espero que entendam que tudo isso é muito amor próprio, construído ao longo da vida.

Na ocasião, declarou que no seu corpo é tudo 'natural'. Faria algum procedimento cirúrgico/estético para mudar algo nele?

Hoje não tenho vontade nenhuma. Me sinto satisfeita com meu corpo. Digo hoje, porque não sabemos o dia de amanhã. Mas por agora nunca me senti tão bonita quanto hoje.

Uma mulher 'poderosa' tem autoestima elevada?

Quanto mais você se ama, se entende e se conhece, mais fácil é para ser feliz. Acho importante para sua postura no trabalho, em casa. Quanto mais amor próprio, mais bonita é a vida pelos seus olhos.

O que é beleza para você?

É amor próprio. Quanto mais satisfeito está com você, mais bonito é. Mais iluminado, sorridente você é.

Quais são seus planos para 2018?

Pretendo viajar muito. O Brasil inteiro, para que cada vez mais pessoas me conheçam através da minha música. Vou divulgar o álbum.

Como vai passar o Ano Novo?

Pela primeira vez, vou passar trabalhando. Acho que vai ser uma ótima forma de começar 2018, exatamente como quero passar o ano todo, cantando. E agradecendo a Deus por tudo que aconteceu na minha vida.

Comentários

Últimas de DMulher