Mais leveza na busca pelo título da Copa Sul-Americana

Sem a pressão de ter de ir à Libertadores, Flamengo tenta quebrar, contra o Independiente, jejum de títulos internacionais

Por O Dia

César recebe o carinho dos torcedores na chegada do Flamengo à capital da Argentina
César recebe o carinho dos torcedores na chegada do Flamengo à capital da Argentina - FOTOS Gilvan de Souza / Flamengo

A bagagem dos jogadores do Flamengo estava bem mais leve, na viagem, ontem, para a Argentina. Com a vaga na fase de grupos da Libertadores garantida, o Rubro-Negro alimenta o sonho de quebrar o jejum de títulos internacionais sem o peso de ter que levantar a taça para voltar à principal competição do continente. O sorriso das jovens promessas na chegada a Buenos Aires mostra que, apesar da pressão, a alegria estará em campo na primeira final da Sul-Americana, amanhã, contra o Independiente, às 21h45, em Avellaneda.

O astral combinou com a recepção na capital argentina. No aeroporto, pedidos de foto. Mancuello, que jogou de 2008 a 2015 pelo Independiente, foi o mais assediado, mas outros jogadores receberam o carinho dos hermanos, como o garoto Vinicius Júnior que, acertado com o Real Madrid, faz estágio de astro internacional.

Na chegada ao hotel, mais calor humano. Um grupo de torcedores rubro-negros se reuniu em frente ao estabelecimento para dar as boas-vindas à delegação carioca.

Hoje, às 19h de Brasília (18h no horário local), o técnico Reinaldo Rueda comanda treino no CT do Boca Juniors. Depois de poupar alguns atletas na última rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador colombiano deve ter força máxima para a decisão.

Réver, que se recupera de um edema na coxa esquerda, foi o primeiro a desembarcar do ônibus, com largo sorriso estampado no rosto. Ele deve fazer dupla com Juan. Everton, outro que volta de lesão, já ficou no banco contra o Vitória e está à disposição.

Para escalar Everton, Rueda terá que optar por sacar do time Lucas Paquetá ou Everton Ribeiro. Afinal, Diego dificilmente será barrado, assim como Felipe Vizeu, que marcou quatro gols nos últimos cinco jogos. O quesito ritmo de jogo pode pesar na escolha.

Galeria de Fotos

César recebe o carinho dos torcedores na chegada do Flamengo à capital da Argentina FOTOS Gilvan de Souza / Flamengo
A euforia com a ida à Libertadores é tão grande que até Muralha foi festejado Gilvan de Souza / Flamengo

Comentários

Últimas de Esporte