Botafogo começa 2018 com Jefferson e mais dez

Sem Gatito, com dores musculares, ídolo da torcida estará em campo hoje diante da Portuguesa na estreia no Carioca

Por ASSINATURA REPÓRTER

Jefferson vestiu a camisa do Botafogo pela última vez em agosto, contra a Ponte Preta, pelo Brasileiro
Jefferson vestiu a camisa do Botafogo pela última vez em agosto, contra a Ponte Preta, pelo Brasileiro - Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O ano de 2017 foi de retiro para o goleiro Jefferson. Ele passou a maior parte do tempo se recuperando de uma cirurgia no ombro e entrou em campo pouquíssimas vezes. Mas 2018 começa de maneira promissora. Em seu primeiro jogo oficial na temporada, o Botafogo terá no gol o maior ídolo da torcida na atualidade. Com Gatito Fernández sofrendo de dores na coxa esquerda, o goleiro teve sua escalação confirmada pelo técnico Felipe Conceição para o jogo de hoje, às 21h30, no Nilton Santos, contra a Portuguesa, na estreia no Carioca.

"Vai o Jefferson, Gatito teve dores musculares nos últimos dias. Isso facilitou, entre aspas, a nossa escolha", disse Felipe Conceição, que na época de jogador recebeu o apelido de Tigrão por formar o ataque do Botafogo com Donizete, o Pantera, no ano de 2000.

O torcedor que for hoje ao estádio verá um time bem diferente com relação ao do ano passado. Entre os titulares, deixaram o clube o lateral-esquerdo Victor Luis, o volante Bruno Silva e o atacante Roger. Dos quatro reforços, apenas o meia Luiz Fernando, contratado ao Atlético-GO, estará em campo.

"Ele joga mais pelas pontas, mas pode atuar por dentro pela qualidade técnica. No Atlético Goianiense, jogou mais pelo lado, mas temos expectativa de aumentar o leque dele. Tem 21 anos apenas, estou encantado com esse menino", disse o técnico, que preferiu não usar os garotos do time que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, sendo eliminado na segunda fase. "Nosso grupo já tem muitos jovens. Referente a esse time (da Copinha), a ideia inicial é, no decorrer do ano, aproveitar, seja em treinamentos ou mais na frente, até em jogos", afirmou Felipe.

Comentários

Últimas de Esporte