Em ano complicado, alegorias ainda não estão prontas

Por O Dia

Outra novidade que um futuro bem breve (mais precisamente daqui a 24 dias) guarda para a Vila está na estrutura das fantasias: "A gente tem alas que são de concepções bastante diferentes do que normalmente é usado e acho que elas vão causar um impacto bem bacana e interessante na Sapucaí", acrescentou Paulo Menezes. O último setor da Azul e Branca levará a mensagem sobre a importância de cuidar do presente para garantir o futuro da humanidade.

Na última sexta-feira, quando O DIA visitou o barracão, na Cidade do Samba, o carnavalesco apontou que nenhuma alegoria estava concluída, mas que algumas estavam "bastante adiantadas". "É um ano muito complicado para todo mundo, mas estamos com o nosso cronograma em dia", garantiu, estimando que 70% do desfile estavam prontos. Apesar da redução da subvenção da prefeitura, que cortou 50% da verba para as escolas este ano, a Vila recebeu patrocínio de uma fabricante japonesa de automóveis em 2018.

O espetáculo contará com seis carros alegóricos, 32 alas e cerca de 3 mil componentes. Hoje é dia de mais um ensaio. Os treinos de rua são realizados toda quinta-feira, a partir das 20h40, e aos domingos, a partir das 20h, no Boulevard 28 de Setembro, em Vila Isabel. A concentração é em frente à Igreja Nossa Senhora de Lourdes. A Vila será a terceira escola a desfilar no domingo de Carnaval, em 11 de fevereiro. No ano passado, a agremiação ficou em 10º lugar.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro