Salão quente em São Paulo

Evento que acontecerá na capital paulista trará lançamentos das maiores montadoras do mundo

Por O Dia

Rio - Entre 10 e 20 de novembro, o trocadilho da temperatura não vai valer no tradicional Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

Enquanto o Anhembi prevaleceu, com o seu calorão ‘original de fábrica’ da capital nesta época do ano, era virtualmente impossível envergar um terno — roupa da formalidade — no local. Agora, no São Paulo Expo, o antigo Centro de Exposições Imigrantes, começou a correria para montagem de estandes, que ocupam duas alas, com um corredor central. Com ar condicionado, é claro.

E as marcas fazem sua parte para divulgar alguns dos atrativos que vão desfilar por ali. Estaremos em cima, cobrindo o Salão de São Paulo para você.
Entre as máquinas estacionadas por lá, o novo Chevrolet Camaro, com força e seu inconfundível design de ‘muscle car’. A linha completa da gravatinha, renovada e com a responsabilidade de manter a liderança nacional em vendas também. A S-10 (preste atenção na Flex 4X4 de 200 cv, um excelente carro) e a Trailblazer. O Cruze hatch Sport6 vai completar com estilo a linha Cruze.
Outra belezinha que vai marcar presença como ‘show car’ é o Fiat 124, filhote de um acordo entre a marca italiana e a Mazda.

Chevrolet CamaroDivulgação

Trata-se de um Miata redesenhado. Este carro, que relançou a onda de roadsters no mundo, é um conversível dois lugares de muito bom gosto. Também veremos na marca de Betim a nova Toro flex, com motor 2.4 TigerShark. Derivado da Chrysler, este propulsor levará ao esquecimento o atual 1.8 flex da Toro, subdimensionado para o peso da picape.

Na Ford, o universo será das picapes. Além da parruda e forte F-150 Raptor, a queridinha dos americanos, teremos lá ainda a Ranger Wildtrack, uma versão personalizada vendida em mercado mundiais, que pode antecipar uma série limitada por aqui. Um estudo do Ka com motor 1.0 Turbo não está descartado.

A VW destaca os novos Golf Variat e Tiguan 1.4 e a Amarok diesel V6. Redesenhada, a picape tem mais conectividade e um motorzão de turbodiesel de 224 cv. A mais potente da categoria. Um canhão.

No estande da Citroën, destaque para os carros-conceito. O C3 novo apresentado em Paris não estará lá, mas o SUV híbrido Aircross, do Salão de Frankfurt 2015 e o elétrico E-Méhari ajudarão a fazer o marketing da tecnologia. O Mehári pode andar até 200 quilômetros com a bateria completamente carregada.

Na Honda, destaque para o novo SUV compacto WR-V, com linhas radicais que você pode ver na matéria aí em cima. Perto dele, o Toyota CH-R, outro que lembra os filmes de Jaspion, poderá ser montado no Brasil. A mostra promete.

Últimas de Automania