Ex-BBB Laércio vai ser processado por estupro de vulnerável

Durante sua passagem pela TV, ele se envolveu em diversas polêmicas, inclusive por ter deixar claro gosto por menores

Por O Dia

Rio - Após ser preso em maio, o ex-BBB Laércio se tornou réu no processo de estupro de vulnerável. A Justiça do Paraná aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público e o caso, por envolver menores de idade, corre em segredo de justiça.

Laércio foi preso no dia 16 de maio em Curitiba, por acusações de estupro e fornecimento de bebidas alcoólicas a adolescentes. Segundo as investigações, o crime ocorreu em 2012. Atualmente, ele está detido no Centro de Custódia de Curitiba, onde deve ficar até o fim das investigações.

Laércio está detido no Centro de Custódia de CuritibaDivulgação

Ex-BBB Laércio é preso em Curitiba por estupro de vulnerável

Desafeta de Laércio, Ana Paula se diz surpresa com prisão de ex-BBB

Durante sua participação no "BBB 16", Laércio entrou em conflito com a participante Ana Paula Renault, que não gostou de vê-lo dormindo só de cueca em um quarto compartilhado com mulheres. Ana Paula também reclamava do jeito que Laércio olhava para Munik e Maria Claudia, as participantes mais novas do reality show. Ela também chegou a acusá-lo de pedofilia por ter duas namoradas, uma de 17 e outra de 19 anos. 

Nas redes sociais, histórias de Laércio vieram à tona enquanto ele ainda estava confinado. Uma das acusações na web seria a de que o designer de tatuagens teria embriagado uma menina de 16 anos para levá-la para a cama. O ex-BBB também curtia páginas de armas, supremacia racial e de uma adolescente de 12 anos, participante do "MasterChef Junior".

Últimas de Brasil