PM é preso suspeito de assediar menina de 12 anos

Soldado foi detido em flagrante, no local onde havia marcado para se encontrar com a vítima. Segundo a polícia, ele também possuía material pornográfico envolvendo menores

Por O Dia

Paraná - Um policial militar foi preso nesta terça por suspeita de ter assediado uma menina de 12 anos de idade, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. O PM foi detido por agentes da Delegacia da Mulher e do Adolescente em um local onde havia marcado um encontro com a menor.

Segundo a Polícia Civil, a prisão aconteceu durante a operação "Pompéia", que cumpriu mandados de prisão e apreensão, em combate a casos de pedofilia, feminicídios e outros crimes ligados à crianças, adolescentes e mulheres. Ao todo, cinco pessoas foram presas na ação.

De acordo com a polícia, o soldado preso tinha conhecimento da idade da menina. Por sua vez, o pai da vítima conta que a criança via o PM no ônibus que pegava para ir para escola. Segundo ele, o suspeito sempre o encarava.

Em depoimento prestado nesta segunda, a garota informou à polícia que o PM a obrigou a anotar um número de celular, pedindo que ela trocasse mensagens com ele, o que o soldado nega.

Ainda segundo a polícia, as mensagens enviadas para o celular da garota, que já estava sob os cuidados das autoridades, o soldado enviou fotos pornográficas e imagens onde aparecia nu. Em outras mensagens, chegou a pedir fotos íntimas da vítima. Ele confessou o fato.

O policial militar, que foi denunciado pelo pai da menina, foi preso por crimes de pedofilia, armazenamento de conteúdo pornografia infanto-juvenil no celular, além de importunação ofensiva ao pudor.

O suspeito foi encaminhado ao Quartel do Comando-Geral da Polícia Milita. A PM informou que um procedimento foi aberto pela polícia para apurar os fatos e a conduta do soldado.

Últimas de Brasil