'Vou me indignar junto', diz Leandra Leal sobre racismo contra a filha

No instagram, a atriz escreveu sobre o preconceito e racismo que poderá ser direcionado à sua filha Julia, adotada por ela e seu marido, em 2016

Por O Dia

São Paulo - Leandra Leal é uma das atrizes que mais abraça causas sociais e é clara ao defender um ponto de vista. Neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, ela escreveu sobre o preconceito e racismo que poderá ser direcionado à sua filha Julia. "Eu nunca vou poder de fato compartilhar o sentimento da minha filha ao sofrer preconceito", admitiu em publicação em uma rede social.

Leandra Leal e a filha%2C JuliaAg. News

A atriz e seu marido, Alê Yousseff, adotaram Julia, de 2 anos, em 2016. No Instragram, Leandra comenta que quer "construir um novo normal" com a filha. Em abril, em uma entrevista ao colega Lázaro Ramos, ela disse que tem se questionado muito sobre diversos aspectos, inclusive sobre o tipo de representatividade que sua filha terá, crescendo em um bairro carioca onde a maioria das pessoas são brancas. 

Na publicação feita nesta segunda, a atriz discorre: "não precisamos ficar provando com discursos que nós não somos racistas; na verdade precisamos ouvir quem passa por isso e reconhecer que o buraco é muito mais embaixo. Reconhecer que somos, sim, resultado de um processo histórico onde alguns foram privilegiados e muitos, excluídos".

Por fim, ela escreve o significado do Dia da Consciência Negra:" Hoje pode ser um dia para nós, como sociedade, buscarmos a compreensão da nossa realidade: uma sociedade que é diversa, plural, desigual e racista".

Últimas de Diversão