Presidente da Grande Rio defende permanência das escolas no Grupo Especial

'É um gesto de solidariedade às escolas e vítimas', disse ele sobre decisão de que nenhuma escola será rebaixada este ano

Por O Dia

Rio - O presidente da Grande Rio, Jayder Soares, defendeu a permanência das escolas no grupo especial. "É um gesto de solidariedade às escolas e vítimas", disse ele sobre decisão da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) de que nenhuma escola cairá este ano. Com isso, 13 escolas desfilarão no Carnaval 2018. 

O público não recebeu bem o fato, noticiado por Jorge Peligero, e gritos de "vergonha" e "mercenários" foram ouvidos.  

A decisão foi tomada nesta quarta-feira após uma reunião de representantes da Liesa com os presidentes das escolas. A mudança na regra beneficia escolas que tiveram problemas com os carros alegóricos, como a Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca.