'Geração Brasil': Jonas Marra não é um empresário acima de qualquer suspeita

Decubra qual o verdadeiro motivo da rixa entre o gênio da computação e Herval

Por O Dia

Rio - Se engana quem pensa que Jonas Marra (Murilo Benício) é um empresário acima de qualquer suspeita. A coluna revela, em primeira mão, o motivo da rixa entre Jonas e Herval (Ricardo Tozzi) em ‘Geração Brasil’, da Globo. Jonas diz a Herval que o conhece, mas não se lembra de onde. Só depois de passar pela ‘reprogramação’ feita por Brian Benson (Lázaro Ramos) é que Marra recupera a memória. Ele relembra que, nos anos 90, era sócio de Herval — na época conhecido como Led — e eles dividiam o mesmo sonho: produzir, juntos, para o mercado nacional o Bro — aquele computador que deixou Marra rico.

Jonas Marra esconde um passado sombrioDivulgação


O problema é que o gênio da tecnologia nunca foi muito a favor de conseguir o que queria pelos meios legais. Primeiro, ele roubou um carregamento de peças de computador contrabandeadas de dentro de uma delegacia para usar na construção do Bro. Depois, ao perceber que a polícia estava na sua cola, roubou o dinheiro da mãe, Gláucia (Renata Sorrah), e se mandou para São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos.

Na cidade americana, fundou a Marra e criou um império da tecnologia. Enquanto isso, no Rio de Janeiro, Herval pagava o pato. Não só levou a culpa pelo crime cometido por Jonas, como também foi preso pelo contrabando das peças. Até então, Jonas acreditava que o ex-sócio estava morto. Agora, Herval está lutando para fazer justiça.

Últimas de Televisão