Brasileiro sem fim: Justiça concede liminar para a Lusa recuperar pontos

Torcedor consegue parecer a favor do clube, o que pode causar nova reviravolta e levar o Fluminense para a Série B

Por O Dia

São Paulo - O Brasileiro de 2013 continua nos tribunais. A 42ª Vara Cível de São Paulo concedeu liminar a favor da Portuguesa que obriga a devolução dos pontos perdidos pelo clube no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o que pode mudar o rumo da competição mais uma vez. O caso ainda cabe recurso. Ao recuperar os quatro pontos da punição, a Lusa escaparia da Série B. Sendo assim, o Fluminense seria rebaixado. 

A Portuguesa foi punida pela escalação irregular do meia Héverton na última rodada do Brasileiro. O clube perdeu quatro pontos e despencou na tabela, sendo rebaixado. Agora, a polêmica ganha mais um capítulo

O juiz Marcello do Amaral Perino já havia dado ganho de causa a um torcedor do Flamengo. Na manhã desta sexta, Perino acatou liminar do torcedor e sócio do Rubro-Negro Luiz Paulo Pieruccetti Marques, que havido entrado com representação contra a CBF e o STJD com base no artigo 35 Estatuto do Torcedor. À tarde, foi a vez de dar parecer a favor de um torcedor da Lusa.

Daniel Neves, jurista, entrou com processo a favor da Portuguesa na 42ª Vara Cível. Pelo Twitter, Daniel falou sobre a vitória.

"Acaba de sair a primeira liminar em favor da Lusa. Distribui ação por prevenção para a 42 Vara e o juiz concedeu. JUSTIÇA!!!", postou.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não se pronunciou sobre a decisão da Justiça. Mais cedo, por nota oficial, Flávio Zveiter, presidente do STJD, lamentou a decisão da 42ª Vara Cível. Para ele, a sentença pode “gerar inseguranças e instabilidade para a organização de competições, causando sérios prejuízos aos clubes e, sobretudo, aos milhões de torcedores, sem contar os efeitos negativos para a credibilidade do Brasil às vésperas de sediar uma Copa do Mundo”.

Últimas de Esporte