Amigos de Edilson organizam 'vaquinha' para tirar ex-atacante da prisão

Capetinha está detido desde quarta-feira

Por O Dia

Bahia - Edilson vai contar com a ajuda dos amigos para sair da prisão. O ex-atacante está detido desde quarta-feira por atraso no pagamento de pensão alimentícia. De acordo com Thiago Phileto, advogado de Edilson, amigos do Capetinha estão organizando uma "vaquinha" para pagar as pendências com a Justiça (a dívida oficial é de R$ 122 mil). As informações são do jornal "Tribuna da Bahia".

Edilson está preso por não pagar pensão alimentíciaCarlos Moraes / Agência O Dia

Ainda segundo o advogado de Edilson, os amigos do ex-atacante já conseguiram R$ 50 mil. A ideia, agora, é negociar com a Justiça e dividir o restante do débito para soltar o Capetinha.

Edilson está na Polinter, no Complexo Policial dos Barris, desde quarta-feira. A Justiça solicitou a prisão do ex-atacante em dezembro, mas o caso se arrastou - o ex-atacante não era encontrado no endereço informado.

O Capetinha defendeu clubes como Flamengo, Vasco, Guarani, Corinthians, Palmeiras, Bahia, Vitória e São Caetano. Ele foi campeão mundial com a seleção brasileira em 2002.

Últimas de Esporte