Contra-ataque: Problema é o time, não o treinador

Demissão de Jayme não vai resolver situação do Flamengo

Por O Dia

Rio - O vice de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcelos, depois de se enrolar todo para explicar a vergonhosa demissão de Jayme de Almeida, acabou caindo em contradição. Foi ele mesmo, sem querer, que explicou a maior causa da queda de produção do time nos últimos tempos. Lembrou, de forma simples e direta, que o Flamengo jamais foi o mesmo depois que perdeu Elias, o termômetro do time no meio-campo e o único ponto de criatividade. Não houve reposição à altura até porque os planos para as novas contratações ficaram adiados para 2015, em função do planejamento financeiro e porque ano de Copa é muito complicado.

Então, não se poderia esperar muito mais do grupo, a não ser que viesse um milagre de Márcio Araújo, Everton ou Mugni, jogadores apenas razoáveis. Mano sofreu com as perdas no Corinthians mas agora deve estar bem feliz por contar com Elias para rearmar o seu time, ainda mais que ainda tem Ralf e Danilo no setor. Não adianta um grande profissional sem um elenco de qualidade.Os cartolas pagam bem aos treinadores para que eles sejam também descartáveis e se transformem, se houver necessidade, no melhor bode expiatório.

Jayme deixou Flamengo, após derrota no clássicoCarlos Moraes / Agência O Dia

A VINGANÇA

Mano Menezes não perdeu a oportunidade de tirar um sarro em cima de Jayme de Almeida e também dos dirigentes que não lhe teriam dado boas condições de trabalho. Ao dizer que ‘não existe nada como um dia depois do outro’ pareceu lembrar que estava certa a sua tese de que era difícil trabalhar com os jogadores do Flamengo e que o ambiente na Gávea era ruim. Ele até pode ter razão nisso, mas não havia necessidade de mostrar tanto ressentimento. Deu uma de hiena.

BELEZA

Está no ar a polêmica entre a beleza e a qualidade da bandeirinha Fernanda Colombo, beldade de 23 anos, promovida como um meteoro em Santa Catarina e que já fez lambanças em dois jogos. Mandaram até ela posar nua em explícita demonstração de machismo. Beleza pode ajudar ou atrapalhar, de acordo com o momento mas a verdade é que, em um ambiente masculino, as mulheres precisam ser quase perfeitas para se firmar.Não é fácil em um campo de futeboL.

SEM DÚVIDA

Com a divulgação da lista dos sete que completam a Seleção, ficou bem claro que nunca passou pela cabeça de Felipão a convocação de Robinho, até em lugar de um reserva da lateral esquerda cujo titular seria coberto, em caso de necessidade, por uma improvisação. Ao convocar dois laterais, ele sinalizou que não vai inventar pelos flancos e que preferiu apostar em um novato (Alan Kardec) para o ataque. E, como meia-atacante, o seu limite foi mesmo Lucas.

DIFERENÇAS

Uma olhada na relação dos convocados de Espanha e Inglaterra revela uma diferença. Os espanhóis, mesmo com um time um tanto envelhecido,ainda têm grandes nomes com a novidade de um artilheiro como Diego Costa para garantir a objetividade. Como Xavi e Iniesta ainda estão muito bem,continua uma seleção respeitável. Em relação aos ingleses, é diferente. As saídas de Terry e Cole e a fase pouco brilhante de Lampard sinalizam problemas.

OPORTUNISMO E POLITICAGEM PERTURBA A COPA

Fora os problemas de atraso e superfaturmento das obras, do duvidoso legado que vem por aí e da infra-estrutura precária, ainda há os oportunistas que estão por aí fomentando greves diárias e que usam a proximidade da Copa para pressionar sindicatos e empregadores criando um clima de tumulto nas cidades. O que acontecerá se, por exemplo, forças de segurança ou de saúde resolverem parar no primeiro dia da Copa do Mundo? Vão querer quanto de aumento? Não está fácil.

Últimas de Esporte