O salto do rei da chave de calcanhar

Após a demissão do UFC em 2013, Toquinho dá a volta por cima e consegue novamente sucesso no cenário internacional

Por O Dia

Rio - Após o pranto, a glória. Poucos esperavam que Rousimar Palhares, o Toquinho, se recuperasse tão rápido da ferida causada pela demissão no UFC, em outubro de 2013. E não é que o mineiro, catador de calcanhares, não só deu a volta por cima como se sagrou campeão de um grande evento de MMA em tempo recorde?

O World Series of Fighting abriu as portas para o lutador e, na primeira chance, ele não decepcionou: derrotou Steve Carl, em março, e levou o cinturão dos meio-médios. O triunfo rendeu-lhe ganhos três vezes maiores do que os dos tempos de Ultimate e, acima de tudo, um amadurecimento nunca antes percebido.

Após a demissão do UFC em 2013, Toquinho dá a volta por cima e consegue brilhar novamente no MMADivulgação

“Acredito que evoluí muito. A minha chegada no Team Nogueira e o apoio do Minotauro e do Minotouro também foram importantes para o meu amadurecimento. A descida para os meio-médios foi a melhor escolha que fiz na carreira. Finalmente encontrei a categoria perfeita para mim”, declara o casca-grossa na arte suave e que melhora cada vez mais sua trocação.

Mas, contra o ‘amarrão’ Jon Fitch, no WSOF 16, neste sábado, na Califórnia, sua luta de solo será determinante para continuar no topo: “Estou preparado, essa é melhor fase da minha vida. Acredito muito no jiu-jítsu. Se ele tentar se embolar comigo, vou finalizá-lo.” Aos 34 anos, Toquinho tem a ingenuidade de uma criança e a determinação de um leão.

HORA DE VOLTAR A VENCER

Após mais de um ano de inatividade, Junior Cigano está de volta. O peso-pesado brasileiro encara neste sábado Stipe Miocic no UFC Fight Night de Phoenix e não vê a hora de retomar a caminhada ao cinturão. Boa sorte!

XFC EM CAMPINAS

O XFCi leva neste sábado sua 8ª edição a Campinas com transmissão da RedeTV a partir de 0h30. Fernando Vieira e o gringo Tyson Nam fazem a superluta da noite. Há ainda, pelo GP peso-mosca, Poliana Botelho x Taila Santos.

PRIMEIRA VITÓRIA

Filho do ator Giuseppe Oristanio, Vitor nocauteou Mark Tupas no evento RFA, dia 5, na Califórnia, e é o orgulho do paizão. Aos 20 anos, o garoto compete na divisão até 66kg e é atleta da Black House.

Últimas de Esporte