Cristiano Ronaldo marca cinco vezes e Real Madrid faz 9 a 1 no Granada

Equipe merengue massacra neste domingo e português se torna o oitavo maior artilheiro da história do Espanhol

Por O Dia

Espanha - No domingo de Páscoa, o Real Madrid distribuiu chocolate ao Granada em jogo no estádio Santiago Bernabéu, goleando por elástico 9 a 1, com o português Cristiano Ronaldo marcando cinco vezes, se tornando o oitavo maior artilheiro da história do Campeonato Espanhol.

O camisa 7 do campeão mundial chegou aos 213 gols pela competição, superando assim Manuel Fernández Pahiño, que entre 1943 e 1957, vestindo as camisas de Celta de Vigo, do próprio Real e do Deportivo La Coruña, marcou 210 vezes. Curiosamente, o atacante, que faleceu em 2012, encerrou a carreira no Granada, jogando nas divisões inferiores do país.

Cristiano Ronaldo teve desempenho impressionante, principalmente na etapa inicial, quando aos 30, 36 e 38, ampliou placar que havia sido aberto pelo galês Gareth Bale, aos 25. No segundo tempo, o português fez o quarto dele e o sexto do time 'blanco' aos 9, dois minutos de o francês Karim Benzema ter balançando as redes.

Cristiano Ronaldo marca cinco gols e se torna o oitavo maior artilheiro da história do Campeonato EspanholEfe

O camisa 9 dos anfitriões marcou outra vez, o sétimo da equipe aos 11. Aos 29 do segundo tempo, Robert Ibañez conseguiu descontar para o Granada, mas Diego Mainz, aos 38, fez contra e ampliou o massacre, que ganhou números finais com o quinto gol de CR7 no jogo, aos 44 minutos.

Além do massacre, o compromisso foi importante para o Real Madrid por marcar a volta do meia colombiano James Rodríguez aos gramados, dois meses após ele ter sofrido uma fratura no pé direito. Escalado desde o minuto inicial, o camisa 10 deu lugar a Jesé aos 16 minutos da etapa final.

O time de Marcelo, titular hoje por 90 minutos, e Lucas Silva, que não saiu do banco de reservas, chegou assim aos 67 pontos, ficando um atrás do Barcelona, que ainda entrará em campo, logo mais, em visita ao Celta de Vigo.

Vítima da maior goleada da competição até aqui, o Granada permanece com 23 pontos, na penúltima colocação, três pontos atrás do Deportivo La Coruña, que é o primeiro fora da zona de rebaixamento, mas que também entra em campo hoje, fora de casa, para pegar o Getafe.

Últimas de Esporte