Muricy Ramalho alega problema de saúde e deixa o comando do São Paulo

Técnico e diretoria chegaram a uma decisão conjunta

Por O Dia

São Paulo - Muricy Ramalho não é mais o técnico do São Paulo. Nesta segunda-feira, via assessoria de imprensa, ele comunicou que chegou a uma decisão, em comum acordo com a diretoria, para deixar o clube. O motivo alegado não é o desempenho abaixo da expectativa na temporada e sim por problemas de saúde. O treinador avisou que precisará passar por uma cirurgia em breve.

Muricy Ramalho deixa o comando do São PauloDivulgação

O técnico voltou para o São Paulo em 2013. De lá para cá, disputou 109 jogos, com 58 vitórias, 22 empates e 29 derrotas. Muricy estava desgastado por problemas de saúde e com resultados ruins neste ano. A derrota para o Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista, neste domingo, foi a última da terceira passagem do comandante pelo clube.

Pela Libertadores, o São Paulo está na segunda colocação, com seis pontos, seis atrás do Corinthians. O Tricolor terá dois jogos decisivos, contra o Danubio, no Uruguai, e contra o Corinthians, no Morumbi.

Confira o comunicado de Muricy Ramalho

"O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, o Vice-Presidente de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro, e eu nos reunimos agora à tarde e decidimos pela minha saída do clube. Estou com problemas de saúde, devo fazer uma cirurgia na próxima semana e preciso desse tempo que o São Paulo não tem no momento. Quero agradecer ao presidente, aos jogadores, os funcionários do clube, os meus companheiros de comissão técnica e, principalmente, aos torcedores que entendem esse meu momento. Preciso nesse momento dos devidos cuidados com a minha saúde. Não é um adeus, é um até breve pela relação que tenho com o São Paulo Futebol Clube. Desejo muito sorte a todos."

Últimas de Esporte