Chelsea fica no 0 a 0 com Arsenal, mas mantém folga na liderança do Inglês

Caso vença os dois próximos jogos, garantirá matematicamente o título da competição

Por O Dia

Inglaterra - Arsenal e Chelsea ficaram no empate em 0 a 0, neste domingo, no Emirates Stadium, e com isso a equipe 'blue' manteve a vantagem de dez pontos na liderança do Campeonato Inglês, ficando ainda mais perto do título.

O meia Oscar, titular hoje em uma posição diferente, atuando como atacante, deu susto após choque com o goleiro colombiano David Ospina no primeiro tempo. O brasileiro foi substituído no intervalo e encaminhado para um hospital da capital inglesa, com uma concussão. No lance, houve muita reclamação de pênalti para os visitantes, que acabou ignorado pelo árbitro Michael Oliver.

O técnico português José Mourinho e o francês Arsène Wenger, antigos desafetos, chegaram a bater boca fora das quatro linhas. Equilibrado e com poucas chances de gol, o duelo londrino manteve o Chelsea folgado na ponta, com 77 pontos, seguido por Manchester City e Arsenal, com 67. Os 'Citizens', porém, fizeram um jogo a mais (34), que os dois rivais.

Chelsea fica no 0 a 0 no Arsenal, mas fica próximo do título do Campeonato InglêsEfe

A equipe 'blue', caso vença os próximos dois compromissos, contra Leicester e Crystal Palace, garantirá matematicamente o título, independente da competição de resultados dos principais concorrentes. Hoje, além de Oscar, o Chelsea também teve o volante Ramires e o meia-atacante Willian no time titular.

Mourinho ainda escalou o meia espanhol Cesc Fàbregas desde o minuto inicial, no primeiro reencontro do jogador com sua antiga equipe, após acerto com o rival londrino. O Arsenal, que reclamou muito de lance ocorrido ainda no primeiro tempo, em que Santi Cazorla chutou da entrada da área e o zagueiro Tim Cahill bloqueou, tocando com a mão.

Os jogadores do time da casa, entendendo que o lance foi intencional, pediram pênalti, que não foi marcado. O empate fez os 'Gunners' caírem para a terceira colocação, atrás do City, e também que Wenger permanecesse sem conquistar vitórias em duelos com times comandados por José Mourinho.

Mais cedo, Manchester United foi batido pelo Everton por 3 a 0, e assim caiu quarto posto com 65 pontos, fora da zona de classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. O meia irlandês James McCarthy abriu o placar do jogo logo aos 5 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, aos 30, o zagueiro John Stones ampliou. Na etapa complementar, aos 29 minutos, o atacante belga Kevin Mirallas deu números finais ao duelo.

Últimas de Esporte