Zico concorda com Renato Gaúcho: 'Futebol não se estuda, é um dom'

Técnico do Grêmio havia dito, após vencer título da Copa do Brasil que não precisa estudar sobre futebol, por isso frequentou praias quando estava sem clube

Por O Dia

Rio - Parceiros dentro de campo no título da Copa União conquistada pelo Flamengo, em 1987, Zico e Renato Gaúcho também estão alinhados fora das quatro linhas. Em entrevista coletiva sobre a realização do Jogo das Estrelas, o ídolo rubro-negro comentou a declaração do técnico campeão da Copa do Brasil, que havia dito que "não precisa de europa".

"Estudar eu estudei Matemática, Português e Geografia porque meu pai me colocou na linha. Mas não preciso de alguém para me ensinar como se faz gol. Futebol não é uma ciência exata. É preciso ter visão e percepção, mas é um dom, não se estuda", afirmou Zico.

Zico vai organizar a sua tradicional pelada de fim de anoLuiz Ackermann / Agência O Dia

Após conquistar a Copa do Brasil pelo Grêmio, na última quarta-feira, o técnico Renato Gaúcho provocou o costume de alguns técnicos brasileiros que viajaram para a Europa para se reciclar na profissão.

"Quem precisa aprender, estuda, vai pra Europa... Quem não precisa vai pra praia. Eu falo isso, e muitos criticaram. Disseram: estão trazendo um treinador que estava jogando futevôlei... Eu pergunto, e agora? E ai? Futebol é como andar de bicicleta. Quem sabe, sabe. Quem não sabe, vai estudar", disse Renato Gaúcho.

O Jogo das Estrelas, que será realizado no próximo dia 28 de dezembro, no Maracanã, será especial em homenagem às vítimas da tragédia com a Chapecoense. Os dois times entrarão em campo com um escudo da equipe catarinense no peito.

"Muitos torcedores pediram para que o Jogo das Estrelas  na Arena Condá, mas como planejamos o evento com muita antecedência, não será possível. Mas queremos contar com pelo menos três jogadores da Chape e três do Atlético Nacional", afirmou Júnior, filho do craque e organizador do evento. Zico também quer contar com a presença dos presidentes da Chape e do Atlético Nacional de Medellín, Como forma de homenagear a solidariedade dos colombianos.

Matéria de Yuri Eiras

Últimas de Esporte