Irmã de Léo Moura confessa ter desviado R$ 130 mil em festa de Renato Augusto

Lívia Moura, responsável pela produção musical da festa de casamento do meia da Seleção Brasileira, foi acusada de ter dado um golpe de R$ 250 mil

Por O Dia

Rio - O caso envolvendo Lívia Moura, irmã do lateral-direito Léo Moura, e Renato Augusto, ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. A promotora de eventos admitiu que deu um golpe no meia da Seleção, causando um prejuízo de R$ 130 mil ao jogador.

Em depoimento à polícia, Lívia confirmou que furtou duas folhas de cheque, falsificando a assinatura de Renato Augusto, para pagar o cachê de cantores contratados para a festa de casamento do jogador. Além disso, admitiu o desvio de R$ 130.950,00, na mesma ocasião.

Os cheques, preenchidos com valores de R$ 100 mil e R$ 10 mil, acabaram não prejudicando Renato Augusto, pois foram rejeitados pelo banco, por conta da assinatura falsificada.

Ainda não se sabe qual foi o destino do dinheiro desviado por Lívia Moura, que não foi usuária da quantia. Além disso, a promotora de eventos fez questão de isentar a empresa DIVERSHOW, também envolvida na organização da festa, de qualquer responsabilidade, assumindo total culpa pelos desvios.

De acordo com informações do UOL Esporte, a conta da família de Renato Augusto indica que os prejuízos foram ainda maiores. Depois de atualização sobre os valores, o meia indica que sofreu um golpe de R$ 250 mil.

Últimas de Esporte