Após treinos na Indy, Alonso comenta experiência: 'Foi um pouco estranho'

Piloto da McLaren mostrou boa adaptação à categoria norte-americana

Por O Dia

Indianápolis - O último fim de semana do mês de maio será, para os pilotos de Formula 1, sinônimo de uma das corridas mais desafiadores do calendário, em Mônaco. No entanto, um deles terá um desafio ainda maior, bem longe do principado. Fernando Alonso disputará as 500 Milhas de Indianápolis, nos EUA.

Alonso ultrapassou as 100 voltas com o carro da Formula IndyDivulgação / McLaren Andretti

A prova, marcada para o dia 28 deste mês, contará com a presença do espanhol, que já iniciou sua preparação para a corrida na nova categoria. Desfalcando a McLaren, Alonso já treina no circuito oval, tentando se adaptar ao carro da McLaren-Andretti.

Passando por uma espécie de "teste para novatos" (ROP, na sigla em inglês), o bicampeão mundial da F-1 conseguiu passar tranquilamente pelas etapas, aumentando gradativamente sua velocidade no oval, e se disse feliz com a evolução.

"Definitivamente foi novo para mim. Um pouco estranho, dirigindo no sentido contrário do relógio. No começo passamos pela ROP em estágios e velocidades diferentes, o que ajudou a aumentar a velocidade. Foi um dia que ajudou muito no sentido de conhecimento de diferentes técnicas. Estou feliz com esse primeiro passo", afirmou o piloto.

Ao fim do primeiro dia de testes, Alonso alcançou velocidade média de 358,15 km/h em sua melhor volta. O número ainda fica muito atrás do pole position da última edição da prova, que se qualificou com 371,37 km/h de média.

Últimas de Esporte