Lateral brasileiro nega que tenha chegado bêbado em treinos da Inter de Milão

Maicon disputou as Copas de 2010 e 2014 pela seleção brasileira

Por O Dia

Romênia - Maicon viveu seu melhor momento na carreira defendendo a Inter de Milão. Além de títulos do Italiano, da Liga dos Campeões, o lateral-direito se tornou titular da seleção brasileira durante a sua passagem pelo clube italiano. Porém, os seus últimos dias na equipe não foram tão positivos. Ex-companheiro do brasileiro, o meia-atacante romeno Ianis Zicu afirmou que Maicon chegada bêbado nos treinos da Inter. O brasileiro negou as acusações e disse desconhecer o jogador romeno.

"Na Inter de Milão de Mourinho, havia um jogador que chegava bêbado a todos os treinamentos de segunda: Maicon ", disse Zicu, em entrevista ao programa de TV "Digi Sport", do seu país local.

Maicon disputou duas Copas do MundoDivulgação

O brasileiro se irritou bastante com as declarações do romeno. Ele negou ter jogado ao lado do atleta e afirmou que a sua carreira vitoriosa no clube de Milão prova que sua passagem pela Itália não teve mancha alguma.

"Eu nem sei quem é o cara, nunca vi ou ouvi falar dessa pessoa, nunca joguei com ele enquanto estive no Inter, não sei porque ele fez essas acusações. Provavelmente pra ganhar notoriedade, aparecer na mídia. É lamentável que esse tipo de coisa ainda aconteça. Nunca cheguei nas condições que ele alega nos treinos e se fosse assim, não teria ganho todos os títulos que ganhei enquanto joguei lá. Esse tipo de acusação nem deveria ser publicada por empresas sem ao menos ouvir a outra parte ou verificar a veracidade da informação. Com certeza penso na possibilidade de entrar com uma ação de reparação para que esse tipo de declaração e de veiculação de informação falsa não aconteça mais. Estou feliz no Avaí, à disposição do treinador e fazendo meu trabalho da melhor maneira", afirmou Maico por meio da sua assessoria.

Maicon atualmente joga no catarinense Avaí. Antes de ser contratado pela Inter, ele iniciou sua carreira nas categorias de base do Grêmio, mas foi no Cruzeiro onde jogou pela primeira vez como profissional em 2001. Três anos depois, foi comprado pelo Monaco da França e então, acertou com o clube italiano.

Em 2012 teve uma rápida passagem de uma temporada pelo Manchester City e então foi para a Roma, quando em 2017, aos 35 anos de idade, estreou pelo Avaí. Com a camisa da seleção brasileira, Maicon fez 76 partidas, vencendo duas Copas da Confederação e duas Copas América

Últimas de Esporte