Lyoto Machida não resiste a Romero e fica mais distante de lutar pelo título

Brasileiro amarga a segunda derrota seguida no UFC

Por O Dia

Estados Unidos - A estratégia de Lyoto Machida de manter a distância e impedir que Yoel Romero levasse a luta para o chão funcionou até o terceiro quarto. O cubano se aproveitou de um descuido, derrubou o brasileiro e castigou com uma série de cotoveladas no rosto, vencendo o combate por nocaute, neste sábado, nos Estados Unidos, na categoria dos médios do UFC.

O plano de Lyoto Machida de retomar o caminho para lutar pelo cinturão dos médios sofre um duro golpe. Foi a segunda derrota consecutiva do brasileiro - ele também caiu para Luke Rockhold.

O brasileiro apostou na movimentação, sobretudo para tentar impedir que o rival, especialista em wrestling, levasse a luta para o chão. Machida apostava em chutes, mas pouco castigava o rival. A partir do segundo round, Romero assumiu o controle da luta e deu bote no assalto seguinte, vencendo com propriedade.

A luta

O primeiro round foi de muito respeito. Lyoto se movimentava mais. Porém, Romero tomava a iniciativa e buscava dominar o combate. Os dois tentavam mais chutes, nas pernas e na linha de cintura.

Romero foi visilmente superior no segundo round. Ele conseguiu acertar alguns golpes em Lyoto. O brasileiro sentiu, mas logo se recuperou, sempre mantendo a estratégia de se movimentar.

A estratégia do brasileiro caiu. Romero se aproveitou de um descuido e finalmente levou a luta para o solo, praticamente aplicando um ippon. Depois, foi a vez de castigar Lyoto com uma série de cotoveladas no rosto: nocaute.

Lyoto recebeu atendimento no octógono e até demorou a se levantar do chão.

Últimas de _legado_MMA