Aniversariante da semana, Zagallo é homenageado com estátua no Engenhão

Velho Lobo se junta a ídolos alvinegros como Jairzinho, Nilton Santos e Garrincha

Por O Dia


Rio - O Botafogo inaugurou nesta terça-feira uma homenagem a um dos maiores ídolos da sua história. Com a presença do presidente da CBF, José Maria Marin, do presidente do Glorioso, Mauricio Assumpção, de Amarildo, ex-jogador do Botafogo e de Carlos Alberto Parreira, Zagallo recebeu como homenagem uma estátua no Setor Oeste do Engenhão.

Zagallo fez história no BotafogoCarlos Moraes / Agência O Dia

A autor da obra foi Edgar Duvivier, responsável por esculpir as estátuas de Nilton Santos, Garrincha e Jairzinho, que figuram no mesmo setor do estádio. Perto de completar 82 anos, o que acontece nesta sexta, o Velho Lobo ficou feliz de receber a homenagem em vida.

"Estou muito feliz e honrado por esta homenagem. Gostaria muito que minha esposa estivesse viva para ver esta festa, mas infelizmente ela não pôde. Pedi a Deus para que eu estivesse vivo quando a estátua ficasse pronta", afirmou.

A homenagem foi tão importante para o ídolo alvinegro, que o Velho Lobo só aceitou ver a estátua quando ela foi totalmente terminada.

"Queriam que eu visse a estátua antes da inauguração, mas eu não quis. Queria vê-la aqui, ao lado de outros grandes jogadores, meus amigos, que fizeram história neste grande clube", contou Zagallo.

Zagallo jogou no Botafogo por 12 anos e foi campeão pelo clube também como treinador. Pela seleção brasileira, o Velho Lobo tem quatro conquistas de Copas do Mundo: duas como jogador, uma como treinador e outra como auxiliar técnico. A estátua foi custeada pelo Botafogo e pela Confederação Brasileira de Futebol.