Fogão junto e misturado

René Simões leva atletas para almoçar em seu restaurante antes da final

Por O Dia

Rio - A única fome que René Simões quer que seus jogadores sintam é a de títulos. Após o treino da manhã, o treinador convidou os atletas e a comissão técnica para que almoçassem em seu restaurante num shopping na Zona Norte do Rio. A iniciativa do comandante alvinegro busca estreitar ainda mais os laços com o elenco ainda mais após a demissão do preparador físico Marcello Campello.

Jogadores alvinegros foram em restauranteDivulgação

“A responsabilidade (da saída) é sempre minha. Tudo o que acontece dentro da equipe é responsabilidade do treinador. Quando o treinador observa que a química não está boa, ele substitui. Foi isso o que aconteceu. O Marcello é um profissional extremamente competente, tem um ótimo caráter, é uma boa pessoa e tenho grande carinho por ele. Mas a química dentro da comissão técnica não estava legal”, disse René, que ressaltou:

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

“Não sei se o Marcello sai aborrecido comigo. Espero que tenhamos ficado amigos. Mas o Botafogo vem em primeiro lugar”, concluiu.

Depois dos camarões, especialidade do restaurante de René, o treinador se concentra no Bacalhau. O comandante alvinegro confia em ter todos os jogadores, inclusive Bill, Marcelo Mattos, Tássio, Roger Carvalho e Luis Ricardo no primeiro jogo da final. Jefferson e Elvis são esperados para o segunda jogo.

“Temos que fazer uma recuperação bem feita. Se pegarmos os indicadores do Vasco nós vamos ver que eles crescem nos minutos finais. Precisamos recuperar os nossos atletas muito bem. O Marcelo Mattos, por exemplo, fez só a primeira parte do trabalho e foi preservado do resto do trabalho. Tenho certeza que a equipe vai estar inteira e melhor fisicamente que o Vasco nesse jogo”, concluiu René Simões.