Maré boa: Botafogo derrota o Cruzeiro fora de casa e sobe mais na tabela

Alvinegro venceu por 2 a 0 e agora é o oitavo colocado no Brasileirão

Por O Dia

Minas Gerais - Quando a fase é boa, tudo dá certo. O Botafogo conquistou a terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, derrotando o Cruzeiro por 2 a 0, em pleno Mineirão. O Alvinegro conseguiu resistir aos momentos de pressão da Raposa e volta para o Rio não apenas com mais três pontos na bagagem, mas também com o sonho da briga pelo G-4 vivo. Canales, aos 20 minutos do segundo tempo, e Camilo, aos 33, marcaram os gols da partida.

A vitória leva o Botafogo à oitava colocação na tabela, com 35 pontos. Na quarta-feira, o Alvinegro encara o Santos, no Luso-Brasileiro, às 19h30. Já o Cruzeiro cai para a 13ª posição, com 29 pontos. A Raposa enfrenta o São Paulo na quinta-feira, às 21h, no Morumbi.

Botafogo venceu mais uma no BrasileirãoFernando Michel/Parceiro/Agência O Dia

O JOGO

O jogo foi morno durante a maior parte do primeiro tempo. O Botafogo teve sua melhor chance aos 15 minutos, com um chute de fora da área de Victor Luis. A bola passou rente à trave, mas foi para fora. Já o Cruzeiro apareceu com perigo apenas aos 28, quando Edimar chutou cruzado.

Nos minutos finais, os donos da casa deram uma reviravolta e passaram a criar mais. Aos 37, Sobis tentou encaixar a bola no ângulo, mas Sidão salvou o Botafogo. Três minutos depois, foi a vez de Ábila tentar deixar o seu. A pressão continuou e a Raposa ainda teve chance de abrir o marcador com Sobis e Robinho. Enquanto isso, o Alvinegro achou uma brecha com Neilton, aos 44, chutando cruzado.

O segundo tempo voltou com os mesmos contornos do primeiro: o Cruzeiro mais presente no ataque do que o Botafogo. Aos 13 minutos, Robinho chutou e levou perigo a Sidão. Cinco minutos depois, Ábila passou por Carli e chutou: o goleiro alvinegro fez boa defesa e impediu o gol. O mesmo aconteceu na sequência, quando Arrascaeta bateu cruzado.

Camilo fez outro belo gol Fernando Michel/Parceiro/Agência O Dia

E, novamente, em meio à pressão da Raposa, foi a vez do Botafogo conseguir um espaço para atacar. E, desta vez, não desperdiçou a oportunidade. Victor Luis passou pela direita e deu bom passe para Canales, que, de cara para o gol, mandou para o fundo da rede: 1 a 0 para o Alvinegro. E não demorou para o segundo sair: aos 33, Camilo recebeu cruzamento de Victor Luis e fez um golaço para ampliar a vitória alvinegra.

O Cruzeiro ainda tentou descontar com Lucas, aos 38, mas novamente Sidão apareceu para impedir. Arrascaeta teve oportunidade aos 42, mas Diogo Barbosa apareceu para fazer o bloqueio. A última chance dos donos da casa foi as 46, com Edimar, que mandou para fora. Sem conseguir concluir as criações, a Raposa amargou mais uma derrota.

CRUZEIRO 0 X 2 BOTAFOGO

Estádio: Mineirão
Árbitro: Rafael Traci
Gols: Canales (Botafogo, aos 20' do 2ºT); Camilo (Botafogo, aos 33' do 2ºT)
Cartão amarelo: Ábila, Arrascaeta, Willian (Cruzeiro); Bruno Silva, Joel Carli (Botafogo)
Cartão vermelho: -

CRUZEIRO: Rafael; Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel (Lucas Romero, aos 13' do 2ºT) Cabral e Arrascaeta; Robinho (Willian, aos 29' do 2ºT), Rafael Sobis (Alisson, aos 17' do 2ºT) e Ábila. Técnico: Mano Menezes

BOTAFOGO: Sidão; Emerson Santos, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Victor Luis (Gervasio Nuñez, aos 41' do 2ºT), Bruno Silva, Dudu Cearense e Camilo; Neilton (Rodrigo Pimpão, aos 21' do 2ºT) e Sassá (Canales, no intervalo). Técnico: Jair Ventura