Botafogo joga bem, vence o Corinthians e volta a sonhar com a Libertadores

Jogando na Ilha, Alvinegro domina as ações ofensivas, chega aos 41 pontos e na oitava colocação volta a pensar na disputa pelo G-4 do Brasileirão

Por O Dia

Rio - A Arena Botafogo na Ilha virou um verdadeiro caldeirão para o Alvinegro. E o time de Jair Ventura vem colhendo os frutos. Neste sábado, o Glorioso teve mais uma boa atuação e vence o Corinthians por 2 a 0, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com mais um triunfo no Rio, a equipe volta a sonhar com a briga por uma vaga na Libertadores.

O jogo foi recheado de polêmicas por parte da arbitragem. O primeiro gol do Botafogo, marcado por Neilton, o árbitro errou no lance e validou mesmo Vinicius Tanque, que serviu o atacante, estar impedido. Minutos antes, o bandeira havia marcado impedimento do camisa 7 Alvinegro que estava em posição regular e iria balançar as redes.

Neilton marcou um golaço para abrir caminho para vitória do Botafogo sobre o CorinthiansVitor Silva / SS Press / Botafogo

Diogo Barbosa completou o placar para o Botafogo ainda no primeiro tempo após aproveitar erro de Fágner e acertar belo chute no ângulo de Valter. Na segunda etapa, mais polêmica com a arbitragem. O Corinthians teve um pênalti marcado apontado pelo bandeira mesmo depois do árbitro ter mandado o jogo seguir. Na cobrança, Sidão cresceu e pegou a finalização de Marquinhos Gabriel.

Com a vitória, o Botafogo pula para a oitava posição com 41 pontos, mesma pontuação do Corinthians, mas perde no saldo de gols. No próximo domingo, o Alvinegro viaja para visitar o Figueirense, às 17h, no Orlando Scarpelli. Já o Timão segue em má fase no Brasileirão e chega a terceira derrota seguinda, a quarta nos últimos cinco jogos. 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 X 0 CORINTHIANS

Estádio: Arena Botafogo
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira
Renda e público: R$ 245.440,00 / 8.375 pagantes / 9.123 presentes
Gols: Neilton (Botafogo, aos 23' do 1ºT), Diogo Barbosa (Botafogo, aos 38' do 1ºT)
Cartões amarelos: Victor Luis, Carli, Bruno Silva e Dudu Cearense (Botafogo); Fagner, Romero, Lucca e Marquinhos Gabriel (Corinthians)
Cartões vermelhos:

BOTAFOGO: Sidão; Alemão, Carli, Emerson e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Diogo Barbosa (Rodrigo Pimpão) e Camilo; Neilton (Dudu Cearense) e Vinicius Tanque (Luis Henrique); Técnico: Jair Ventura.

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Marciel (Lucca), Willians, Guilherme Camacho, Marlone e Marquinhos Gabriel (Rildo); Romero (Gustavo); Técnico: Fábio Carille.