Del Bosque projeta mudanças para espantar a crise na Espanha

Atrás da reabilitação, treinador admite barrar até os medalhões

Por O Dia

Paraná - A traumática goleada (5 a 1) sofrida para a Holanda, logo na estreia, trouxe consequências à Espanha, que precisa superar o vexame e vencer o Chile, amanhã, no Maracanã. Caso contrário, a eliminação, ainda na primeira fase da Copa do Mundo, ficará mais perto. Para evitar isso, o técnico Vicente del Bosque decidiu fazer algumas mudanças na equipe.

Del Bosque pode modificar a equipe da FúriaEfe

Serão duas ou três, conforme revelou o próprio treinador, ontem, após o último treino em Curitiba antes do embarque para o Rio de Janeiro. Mas ele não confirmou quem será barrado — alguns medalhões estão ameaçados.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

“Eventuais trocas não devem ser encaradas como punições pela derrota na estreia. Vamos buscar o que pensamos ser o melhor para a seleção. Ninguém deve ficar alarmado. Todos têm nosso afeto. Acima de tudo, está a equipe”, frisou o treinador.

LEIA MAIS: A tabela e a classificação da Copa do Mundo

As possíveis saídas envolvem os nomes de Xabi Alonso e Xavi, que dariam vaga a Koke e Pedro. A ideia é dar mais poder de marcação e agressividade à equipe.

Outra possibilidade é uma troca técnica na zaga, com Javi Martinez no lugar de Piqué. “Temos que cuidar de um plantel de 23 jogadores. Todos estão em perfeitas condições. Contra a Holanda, fizemos um segundo tempo desastroso. Temos que reagir.”

Últimas de _legado_Copa do Mundo