Mascherano lamenta falta de sorte argentina: 'Dor para a vida toda'

Volante afirma que fez de tudo para dar esse título para o seu povo

Por O Dia

Rio - A Argentina ficou no quase nesta Copa do Mundo. Depois de passar pelas fases decisivas aos trancos e barrancos, os hermanos não resistiram ao jogo coletivo da Alemanha e foram derrotados por 1 a 0, com gol de Gotze no segundo tempo da prorrogação. Um dos destaques argentinos na Copa, Javier Mascherano lamentou muito a derrota e afirmou que essa será uma dor para a vida inteira.

LEIA MAIS: Alemanha vence na prorrogação e conquista o tetra da Copa do Mundo

"Infelizmente a dor será para a vida toda porque esta era a nossa oportunidade. Nós sabíamos disso, sabíamos que era nossa oportunidade, mas o futebol tem dessas coisas. O que vamos ter que fazer é levantar a cabeça e aguentar essa dor e mais nada", comentou.

O jogador deu um emocionado depoimento, no qual agradeceu a todos os companheiros de equipe e falou que os atletas argentinos deram tudo o que tinha para ganhar a Copa.

Mascherano foi um dos melhores jogadores da Argentina na Copa do MundoAndré Mourão

"Difícil explicar. Escapou das nossas mãos no último momento. Eu acho que fizemos tudo o que podíamos fazer para ganhar, tivemos a melhor oportunidade. Até onde nossa resistência física aguentou, a gente lutou. Infelizmente nos faltaram cinco minutos. Apesar disto tudo, na questão pessoal, eu estou muito orgulhoso de ter participado deste grupo. É uma honra enorme para nós. Dói também porque nós queríamos levar a Copa do Mundo para a Argentina, nós representamos o nosso país do melhor modo que conseguimos. Demos tudo o que podíamos e só podemos dizer isso. Hoje nós ficamos sem nada, demos tudo o que tínhamos para dar e lamentamos muito. Lamentamos por nós, por todos que vieram e por todos que estão lá", afirmou.

O atleta também lamentou a falta de sorte da argentina. 

"Nós temos a tranquilidade de saber que demos tudo de nós, todo o time, a equipe inteira. E foi isso que a gente tinha para dar, nós fomos até onde podíamos. Nos faltou aquela gotinha de sorte que é preciso ter em uma final e eles tiveram, por isso a Copa é deles", finalizou.

Últimas de _legado_Copa do Mundo