Jogando na China, Walter Montillo revela contato do Flamengo com seu agente

Negociação depende de liberação do Shandong Luneng

Por O Dia

Sâo Paulo - Depois do nome de Jadson, do Corinthians, esfriar no Flamengo, o Rubro-Negro segue no mercado da bola procurando um camisa 10. Desta vez, o clube foi longe para sondar um nome, Walter Montillo, que está atuando no Shandong Luneng, da China. O argentinou revelou que o time da Gávea entrou em contato com seu procurador para uma possível transferência, mas o acerto depende da liberação dos chineses.

LEIA MAIS: Vice de finanças do Flamengo afirma: ‘Longe de uma situação tranquila’

"Meu procurador disse que tinha entrado em contato com eles (Flamengo). Mas a gente está tentando falar com o representante do Shandong aqui no Brasil, e ele não está respondendo ainda. A gente não tem a resposta de quanto o Shandong vai querer e o que está pensando o presidente. Se vai me liberar ou não. Tem que ter um intérprete no meio, porque não dá para falar com o presidente diretamente. Eu fiquei sabendo nesta semana de uma proposta que o meu procurador tem na mão, mas queremos dar uma resposta. Eu não gosto de ficar enrolando os times", afirmou o jogador, em entrevista ao programa 'Bola da Vez', da ESPN Brasil.

Montillo pode pintar no FlamengoDivulgação

Com problemas na família, Montillo está tentando deixar o futebol chinês.

"Falei com o presidente anterior que as coisas não deram certo no campo familiar, mas dentro do campo foram ótimos comigo, tentaram ajudar no que podiam. Tenho outras prioridades, como a família, que foi o que falei antes de ir para lá. O Cuca também sabe disso, porque tenho uma boa relação com ele. Então existe essa possibilidade. Eu tenho que falar com eles, porque não quero falar em branco e depois dar uma confusão ou virar uma novela onde não tem que ter. Então primeiro vou falar com essa pessoa (representante) aqui e depois dar uma resposta para o Flamengo", revelou.

Mesmo de longe, o atleta parece acompanhar de perto o trabalho que está sendo feito no Flamengo.

"A gente está acompanhando. O Flamengo foi melhorando aos poucos com a chegada do Luxemburgo, mas eu não quero ficar falando que está tudo fechado, porque primeiro eu tenho que falar com o treinador, que é o Cuca, com o presidente e o representante para saber a posição do time", concluiu.