Cirino projeta sequência de gols pelo Fla, mas avisa: 'Nunca fui artilheiro'

Atacante deu fim ao jejum de três meses sem balançar as redes pelo Flamengo na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás

Por O Dia

Rio - Em um desembarque tranquilo e sem a presença de torcedores, o Flamengo chegou ao Rio após a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás neste domingo. O grande destaque da partida foi Marcelo Cirino, autor do gol. O atacante conseguiu dividir os holofotes com Guerrero, que não marcou, mas deu assistência no principal lance do jogo. Cirino foi decisivo para o Rubro-Negro, balançando as redes após três meses de jejum. 

"Venho mantendo o foco, tranquilo e trabalhando sério. Tenho certeza de que agora virão outros gols. O Guerrero é um excelente jogador, que vem ajudando muito a gente.  É claro que sempre queremos marcar, mas eu não sou um camisa 9, não sou artilheiro e nunca fui. Fico feliz de ter voltado a marcar e espero poder ajudar o Flamengo a conseguir vitórias, seja com gols, assistência, ou de alguma forma. Sempre mantive a minha cabeça em pé, com foco no trabalho. As coisas estão voltando à normalidade", disse Cirino.

Marcelo Cirino comemorou o gol da vitória do Flamengo contra o GoiásDivulgação

Outro jogador que brilhou na partida foi César. O goleiro fez uma sequência de nove partidas como titular, substituindo Paulo Victor, que se recupera de uma fratura na fíbula. A evolução do atleta de apenas 23 anos foi evidente durante os jogos, e, no confronto com o Goiás, a confiança fez a diferença.

"Fiz o meu melhor dentro de campo, me dediquei, fiz o meu máximo. O Paulo Victor é qualificado, vai voltar e dar continuidade ao trabalho naturalmente. Conseguimos ter essa sequência de vitórias, que dá tranquilidade para a equipe. Fico feliz pela minha sequência de jogos, deu tudo certo", comemorou o goleiro.

A vitória colocou o Flamengo na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 19 pontos, a apenas nove do G-4. O próximo desafio do Rubro-Negro será contra o Santos, no domingo, às 16h, no Maracanã.