Jorge revela que seu pai ‘corneta’ suas atuações de 2016

Lateral-esquerdo do Fla tem cobrança bem forte em casa

Por O Dia

Rio - Para quem acha que vida de jogador é fácil e que os atletas não estão nem aí para as críticas, está muito enganado. Pelo menos na casa do lateral-esquerdo Jorge as críticas começam com seu Marco, pai do jogador e ‘corneteiro’ oficial das atuações do filho.

“A crítica do meu pai é a mais pesada de todas. Tem a do torcedor, que pesa muito, porque me apoia desde que cheguei ao profissional, mas a do meu pai é coisa de outro mundo. Sempre pega no meu pé, e ele sempre disse que nunca me elogiaria por completo. Isso desde quando eu jogava futsal. Às vezes fico meio triste, mas sei que é para o meu bem. às vezes falo que não aguento mais, mas dou graças a Deus por ter um pai assim”, explicou o lateral, que revelou que o grupo fez uma reunião interna para cobranças.

Jorge costuma receber críticas do paiGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

“Nos juntamos e resolvemos conversar. Primeiro sobre os jogos e sobre o que achávamos que estava errado e certo. O Muricy pediu para conversarmos. Houve cobranças humildes e com respeito. Foi importante”, revelou.

Sem repetir suas boas atuações de 2015, Jorge se defende e diz que evoluiu como jogador de futebol.

“A questão não é cair de rendimento. Não sou o Jorge de apoiar do ano passado. Hoje posso dizer que o Jorge evoluiu muito na marcação, acho que vai ser muito importante para mim, não só aqui no Flamengo, mas também para a minha carreira. O Muricy me pede para me preocupar primeiro com a marcação para depois subir e chegar na boa. O rendimento de atacar acho que caiu um pouco, mas acho que é questão da função”, afirmou.

ESCOLINHA DO PROFESSOR MURICY

Com a semana sem treinos, Muricy Ramalho vai tentando acertar o time do Flamengo. Ontem, o treinador rubro-negro ficou mais de 1h30m comandando uma atividade de finalização, um dos problemas da equipe no primeiro semestre.

No sábado, o Flamengo estreia contra o Sport, atuando em Volta Redonda e quer ver casa cheia. Para isso, o clube faz uma promoção em que os três mil primeiros torcedores que chegarem ao estádio no sábado ganharão outro ingresso, mas a cortesia é exclusiva para mulheres.

Os sócio-torcedores também têm benefícios como ida e volta gratuita para Volta Redonda, além de 50 crianças que entrarão no gramado com o mascote rubro-negro. Vale ressaltar, que as promoções para os sócios dependem dos mesmo terem certa pontuação no programa de fidelidade do clube.