Flamengo quer bater Botafogo e passar com louvor à semifinal da Taça Guanabara

Time rubro-negro tem mais uma prova rumo à nota dez

Por O Dia

Rio - O professor Zé Ricardo vai escalar seus melhores alunos no clássico diante do Botafogo, amanhã, às 19h30, no Engenhão. Bem avaliado pelo técnico neste começo de temporada, o Flamengo entra em campo perto de se garantir na semifinal da Taça Guanabara — lidera o Grupo B, com nove pontos, empatado com o Madureira, enquanto o Alvinegro, quase eliminado, tem quatro. Mas, mesmo com a equipe encaixada e os reforços em rápida adaptação, o treinador é cauteloso para aprovar, com nota dez, seus comandados.

O ‘professor’ Zé Ricardo faz boa avaliação dos jogadores%2C mas diz que o Fla pode render maisGilvan de Souza / Flamengo

"Os jogos têm um caráter de preparação neste início. Nenhuma das equipes está nos seus 100%. Fico feliz porque entendemos que o futebol tem de ser feito de equilíbrio. Dar nota é complicado, mas eu daria uma nota boa, com consciência. Queremos elevar o nosso nível, precisamos estar em constante evolução", frisou Zé Ricardo.

O treinador descartou iniciar a partida com o atacante Berrío — o colombiano fez um gol logo na estreia, quarta-feira, na vitória de 2 a 0 sobre o Grêmio. “Berrío ainda não se encontra nas melhores condições. Jogou apenas 30 minutos no jogo passado, e sentiu um desgaste muito grande. Vamos avaliar melhor a condição dele. Havendo a possibilidade, vai ser aproveitado durante a partida. Temos que pensar em poupá-lo, por causa da questão física, mas é um jogador que, no decorrer da partida, pode nos dar um retorno grande”, afirmou, confiante.

Zé Ricardo acredita em jogo duro, mesmo com a possibilidade de time misto do Botafogo. "Eles vão jogar dentro de casa, a favor da torcida. Não tenho dúvida nenhuma de que virá um time forte. Eles criaram identidade. Isso criará dificuldades. Será preciso entrar focado", concluiu.