Apresentado, Henrique Dourado tenta construir a sua história pelo Fluminense

Atacante descartou qualquer tipo de comparação com Fred

Por O Dia

Rio - O atacante Henrique Dourado, de 26 anos, participou de dois treinamentos nas Laranjeiras, um na segunda e outro na terça-feira para enfim ser apresentado como novo reforço do Fluminense. O jogador chega com uma responsabilidade grande devido as perdas no elenco do Tricolor e a instabilidade da equipe no Brasileiro. Vestindo a camisa da equipe das Laranjeiras e apresentado ao lado do diretor de futebol, Jorge Macedo, o jogador afirmou não temer a pressão de atuar pelo novo clube.

''Quando se fala em time grande, é pressão todos os dias. Temos que filtrar. Os resultados vão vir, vão acontecer. O elenco tem jogadores de qualidade. A bola vai entrar com trabalho e dedicação. As coisas vão voltar aos eixos'', afirmou.

Fluminense apresentou Henrique DouradoNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

Ter a responsabilidade de ser o homem-gol do Fluminense não é tarefa fácil. O último centroavante que atuou nas Laranjeiras foi Fred, terceiro maior artilheiro da história do clube com 172 gols, tendo conquistado alguns títulos, entre eles dois brasileiros. O Ceifador, como é conhecido Henrique, se disse pronto para assumir tal condição.

''Tenho que estar preparado para tudo. Já passei por situações parecidas. Venho para somar. Fred tem sua história no clube, isso não vai se apagar. Venho para escrever a minha'', disse.

Henrique ainda não sabe quando vai fazer a sua estreia pelo clube. O jogador afirmou que conversou com representantes do Flu e explicou a sua situação. Ele pediu alguns dias para conseguir estar em forma.

'Conversei com a comissão técnica. Venho de férias na Europa. Preciso de alguns dias para entrar no ritmo, ganhar condicionamento. Treinei por conta nas últimas semanas. Fizemos agora um planejamento para treinar em dois períodos. Quero voltar a fazer o que mais gosto. Talvez uns 15 dias'', concluiu.