Convocado da Seleção, Scarpa só pensa em permanecer no Fluminense

Valorizado depois de ser chamado por Tite para a Seleção, meia diz que pretende renovar o contrato

Por O Dia

Rio - Os torcedores tricolores têm ficado preocupados quando as janelas de transferências internacionais são abertas. Afinal, Gustavo Scarpa, camisa 10 e principal jogador do Fluminense, é objeto de desejo de clubes europeus e muitos nas Laranjeiras consideram sua saída mera questão de tempo. O meia, porém, tem pensamento diferente e pretende ter vida longa no Tricolor — desde que a diretoria pense da mesma maneira.

Scarpa pretende continuar no Flu, mas quer ser mais valorizado pela diretoriaNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

A primeira convocação para a seleção brasileira principal, anunciada quinta-feira pelo técnico Tite, renovou o ânimo de Gustavo Scarpa. Ele andava chateado por conta da paralisação das negociações para a prorrogação de seu contrato — as conversas se arrastam desde outubro.

“A renovação está parada. Não foi resolvido e nem conversamos ainda este ano. Mas tenho vínculo com o Fluminense até 2019. A princípio pretendo cumpri-lo. Vamos ver o que vai acontecer no restante desse mês, desse semestre”, disse Scarpa.

O novo contrato já está pronto e prevê um vínculo com duração até 2021. No entanto, a diretoria tem dado prioridade para outras situações e o camisa 10 segue em compasso de espera.

No fim do ano passado, o Palmeiras demonstrou interesse em contratar Scarpa, mas o Fluminense garantiu que só o liberaria caso fosse paga a multa rescisória, cujo valor é altíssimo.

Uma possível participação de Gustavo Scarpa no amistoso contra a Colômbia, quarta-feira, pode deixar o meia ainda mais valorizado e exposto na vitrine. Para evitar a saída de seu grande destaque, o Fluminense precisa renovar o quanto antes o contrato.