Russas são detidas após protesto no Kremlin

Ativistas se reuniram na sede do governo para pedir uma mulher no poder. Dia 8 de março é feriado no país

Por O Dia

Rússia - Várias participantes de uma ação feminista foram detidas nesta quarta-feira, pela polícia russa em pleno centro de Moscou, junto ao Kremlin, segundo informou a artista e feminista Ekaterina Nenasheva em sua página no Facebook.

De acordo com esta fonte e com o portal "OVD-Info", as detidas são sete mulheres, entre elas uma fotógrafa do jornal independente "Novaya Gazeta", que participavam de um protesto reivindicativo por causa do Dia Internacional da Mulher.

Todas as detidas foram levadas a dependências policiais do próximo bairro de Kitai Gorod.

Em um vídeo que Nenasheva publicou em sua página do Facebook, é possível ver como as ativistas tratam de pendurar nos jardins de Alexandre um enorme cartaz com a legenda "200 anos de poder masculino! Abaixo!", ao mesmo tempo que sai fumaça desde duas tochas acesas. 

As ativistas também levavam outros cartazes com slogans como "Somos maioria" e "Uma mulher para a presidência".

O dia 8 de março é feriado na Rússia.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência