Vítima do '11 de setembro' é identificada 16 anos após o atentado

De acordo com autoridades de Nova York, os restos mortais analisados pertencem a um homem, que não teve o nome divulgado. Ataque matou mais de 2.700 pessoas em 2001

Por O Dia

Nova York - Após 16 anos do atentado do 11 de setembro, as autoridades de Nova York conseguiram identificar os restos mortais de uma vítima do ataque ao World trade Center. A pedido da família o nome da vítima, um homem, não será divulgado, informou o Instituto Médico Legal da cidade.

Ataque ás Torres Gêmeas matou mais de 2.700 pessoas em 2001AFP

Mais de 2.750 pessoas morreram no ataque cometido com dois aviões de passageiros sequestrados e lançados contra as Torres Gêmeas. Até hoje, foram identificados os restos mortais - fragmentos ósseos em sua maioria - de 1.641 pessoas, do total conhecido de 2.753 mortos.

Essa última identificação foi a primeira em mais de dois anos, segundo o jornal The New York Times. "Esse trabalho em curso é vital, porque, com cada nova identificação, temos condições de trazer respostas às famílias afetadas por uma tremenda perda", disse a médica-legista-chefe, Barbara Sampson, em entrevista ao periódico. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência