Não há previsão de término para varredura final no local do acidente em Santos

As equipes dos Bombeiros procuram agora por eventuais restos mortais que possam ainda estar sob os escombros

Por felipe.martins , felipe.martins

São Paulo -  A varredura final no local onde caiu o avião que provocou a morte do candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, e de seis membros da sua comitiva não tem previsão para terminar, informou no começo da tarde de hoje (14) o capitão do Corpo de Bombeiros Marcos Palumbo. O acidente aéreo ocorreu na manhã de quarta-feira no bairro do Boqueirão, na cidade de Santos, litoral sul de São Paulo.

Segundo Palumbo, as buscas nas casas mais próximas ao lugar do acidente, localizadas em uma área de aproximadamente 130 metros, já foram finalizadas e agora estão concentradas em um bambuzal, bem próximo ao ponto zero, forma como está sendo chamado o local onde caiu a aeronave. As equipes do Corpo de Bombeiros procuram agora por eventuais restos mortais que possam ainda estar sob os escombros nas proximidades do ponto zero.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia