Aneel faz leilão de energia em linhas de transmissão e subestações

Sete lotes referem-se à instalação de 1.580 quilômetros (km) de linhas de transmissão e de subestações com um total de 3.215 megavolts-ampères (MVA) de potência

Por O Dia

Brasília - Dez empresas e nove consórcios devem disputar os sete lotes de transmissão e subestações do leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com previsão de que sejam investidos R$ 1,2 bilhão em oito estados e no Distrito Federal. A oferta é marcada para a BM&FBovespa, no centro da cidade de São Paulo.

Entre os concorrentes estão a Abengoa Concessões Brasil Holding S.A, as Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A, a Neoenergia S.A e a Copel Geração e Transmissão S.A. Vencem o leilão, os concorrentes que apresentarem o menor valor da Receita Anual Permitida de referência (RAP) máxima a ser paga aos empreendedores e que, egundo o edital, foi fixado em R$ 133 milhões.

Os sete lotes referem-se à instalação de 1.580 quilômetros (km) de linhas de transmissão e de subestações com um total de 3.215 megavolts-ampères (MVA) de potência. O prazo do término das obras será de dois a três anos e os contratos de concessão válidos por 30 anos.

Últimas de _legado_Economia