Sepe entrega nesta quarta ao MP dossiê com denúncia sobre greve

De acordo com sindicato, há um grupo infiltrado no movimento

Por O Dia

Rio - O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio (Sepe) vai entregar nesta quarta-feira ao Ministério Público um dossiê em que faz denúncias de que há um grupo infiltrado no movimento grevista. Eles seriam inclusive responsáveis por espalhar um boato de que a paralisação das aulas motivaria o fim da distribuição do Bolsa Família.

Segundo o órgão, reuniões com os pais foram feitas nas Coordenadorias Regionais de Educação (Cres) com objetivo de induzi-los a assinar um documento em que se posicionam contrários à paralisação dos professores.

Professores municipais decidiram voltar à greve na sexta-feiraJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

No dossiê, o sindicato relata que foi informado aos familiares dos alunos que seriam destruídas camisas e disponibilizados ônibus para um protesto na Avenida Rio Branco, no Centro, nesta quarta, contra o movimento grevista.

O Sepe diz que um dos articuladores do ato contra greve já tentou ser candidato a deputado num dos partidos de aliança com o PSDB nas eleições municipais.

Últimas de _legado_Educação