Ampliada vacina contra hepatite B

Governo aumenta faixa etária de público- alvo, passando de 29 para 49 anos. Imunizante já pode ser encontrado nos postos de saúde

Por O Dia

Rio - O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária para vacinação contra hepatite B. Pessoas de até 49 anos já têm direito à imunização gratuita desde ontem. Até maio deste ano, o limite de idade era de 29. A medida beneficia um público-alvo de 150 milhões, correspondente a 75,6% da população total no Brasil. Para ficar protegido, é preciso tomar três doses. A segunda e a terceira são aplicadas 30 dias e seis meses depois da primeira, respectivamente.

De acordo com a assessoria do ministério, a medida é para erradicar a doença no país. A vacina também é oferecida aos grupos considerados de maior risco de contrair a Hepatite B, independentemente da faixa etária, como grávidas, manicures, bombeiros, militares, doadores de sangue e profissionais do sexo.

No Estado do Rio, há 5.794 casos de pessoas infectadas de 2000 a 2011. A coordenadora estadual de Hepatites Virais da Gerência DST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria Estadual de Saúde, Clarice Gdalevici, diz que já está fazendo parte do calendário de vacinação. “A vacina já foi distribuída para todos os municípios. A população já pode procurar os postos de saúde neste mês”, afirmou.

As principais formas de contágio são por meio do uso de objetos contaminados, como alicate de unha e aparelhos para tatuagem, além do sexo. Mãe contaminada também transmite a doença ao bebê, mas a vacina dada ao recém-nascido protege contra a hepatite.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência