Magali ensina a criançada a ganhar saúde comendo

Pirâmide inspirada na personagem orienta cardápio infantil

Por O Dia

Rio - Magali, a ‘comilona’ da Turma da Mônica, de Mauricio de Sousa, completa 50 anos em 2014. Para comemorar o aniversário, foi publicada na internet uma pirâmide alimentar com ilustrações da personagem apaixonada por frutas e informações sobre alimentos e quantidades ideais por faixa etária. O objetivo é ajudar os pais a oferecerem uma dieta saudável aos filhos.

A pirâmide foi elaborada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em parceria com a Mauricio de Sousa Produções. No site (www.turmadamonica.uol.com.br), as famílias encontram também um cardápio especial para crianças nas fases pré-escolar e escolar (de 5 a 10 anos).

Segundo o pediatra Luiz Anderson Lopes, membro da SBP, a ideia é esclarecer a proporção que cada um dos grupos alimentares deve ter na dieta infantil. “Muitos pais não sabem que o carboidrato, por exemplo, é uma importante fonte de energia e por isso aparece na base da pirâmide”, explica.

Tipos de alimento%2C suas quantidades e a relação com faixas etárias estão disponíveis em siteReprodução

Na opinião do médico, além da qualidade dos alimentos que são escolhidos, o número de refeições ao longo do dia é muito importante. De maneira geral, toda criança deve fazer cinco refeições por dia, destinando meia hora para cada, sempre longe da televisão. “O certo é comer com horário. Ficar muitas horas em jejum é prejudicial, já que o organismo passa a usar suas reservas de energia durante esse tempo,” alerta.

Dar o exemplo está na lista de prioridades. Os adultos, afirma o especialista, precisam sentar com os filhos e comer a comida saudável que querem que os pequenos comam. No consultório, Lopes percebe também que muitas famílias substituem o jantar ou o almoço por lanches ou por copos de leite com achocolatado. Ele garante que não são equivalentes e, a longo prazo, o hábito pode prejudicar até o crescimento da criança e causar a ‘fome oculta’. “A criança ingere o lanche ou o leite no lugar da comida, sacia a vontade, mas não a fome de nutrientes,” esclarece o médico.

Entre as dicas do pediatra para pais de nenéns com até 2 anos está a de não oferecer refrigerantes e alimentos industrializados ou muito condimentados. O médico afirma que, nessa fase, a criança está formando suas preferências de paladar. Por isso, evitar que ela se ‘vicie’ em uma dieta errada é atitude fundamental.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência