Tribunal no Egito condena 185 pessoas à morte por ataque à delegacia

Caso aconteceu em 2013, após forças de seguranças egípcias matarem centenas de pessoas em dois acampamentos

Por O Dia

Egito - Um juiz egípcio condenou 185 pessoas à morte nesta terça-feira por um ataque contra uma delegacia policial na periferia do Cairo, no ano passado, em que policiais foram mortos. A decisão é preliminar e está sujeita a um longo processo de apelação. A sentença também vai para a principal autoridade religiosa do país para aprovação, embora seu parecer não seja de cumprimento obrigatório.

O veredito foi anunciado dias depois de outro tribunal retirar as acusações contra Hosni Mubarak pela morte de manifestantes durante a revolta de 2011 que derrubou o seu governo de 30 anos. O ataque à delegacia de Kerdasa ocorreu em 14 de agosto de 2013, dia em que as forças de segurança egípcias removeram dois acampamentos de protesto no Cairo, matando centenas de pessoas em um dos episódios mais sangrentos da história moderna do país.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência