Homem acredita ser a reencarnação de Cristo e que o Santo Sudário é a prova

Segundo australiano, Papa Francisco o chamou de 'Senhor Jesus Todo Poderoso' e declarou que todos devem ter fé nele

Por O Dia

Austrália - Um homem de 71 anos acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo e que o Santo Sudário é a prova disso. Segundo Brian Leonard Golightly Marshall, de Queensland, na Austrália, o Vaticano também crê que ele é a segunda vinda de Jesus de Nazaré. Brian publicou diversas imagens na web em que afirma que é o próprio desenho visto no artefato religioso que alguns acreditam ter a imagem de Jesus.

Na Internet, Brian aparece pregando para seguidores em diversos vídeos. Ele chega a afirmar que é o homem mais santo de todos e que as cicatrizes nos pés e nas mãos são as marcas dos pregos que prenderam Jesus à cruz.

Brian Marshall diz ser Jesus Cristo reencarnado e posa com a mulher no FacebookReprodução Facebook

Diferente da história bíblica do Messias, o australiano é casado e já publicou imagens suas com a mulher no Facebook.

Segundo ele, até mesmo o o Papa Francisco  já se posicionou a respeito de sua passagem na Terra e o chamou de "Jesus Cristo reencarnado".

"Há alguns dias o senhor Brian Marshall me enviou fotografias dele e do Santo Sudário. Ele realmente parece muito com a santa imagem no Sudário. Não há outra explicação, ele simplesmente é o Senhor Jesus Cristo Todo Poderoso.(...) Tenham fé nele", teria dito o Papa Francisco.

Brian Marshall mostra que o Santo Sudário prova que ele é Jesus Cristo Reprodução Facebook

Nos Estados Unidos, segundo o "Daily Mail Australia", um homem alega que seu sogro abandonou a família para viver de acordo com os preceitos de Brian. Ele publicou em redes sociais que Brian está "tirando vantagem" do homem e que teme o que pode acontecer com o restante da família por causa disso.

"Ele acreditou que esse Brian Marshall é Jesus Cristo. Ele disse para a mulher que estava indo para a Austrália para segui-lo, deixando ela, os filhos e netos para trás", publicou o americano.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência